Erms (do catalão) são terrenos que foram explorados até ficaram sem nada, estéreis desertos. Erms são também campos que estão longe da civilização, onde a vida se gera, espontânea, independente da vontade humana. Em O Sal da Terra de Wim Wenders e Juliano Ribeiro, sobre o fotógrafo Sebastião Salgado, impressionou-me a quantidade de desastre que um indivíduo pode chegar a testemunhar e a reação de esvaziamento do seu corpo, como consequência. Inspirou-me a decisão de dois indivíduos de inverter o desastre. Surpreendeu-me a capacidade de reconstrução de um ecossistema. Enterneceu-me o processo que de desencadeia no indivíduo à medida que cuida e observa o vibrante crescendo de vida à sua volta. Outros estímulos externos que influenciaram o rumo do projeto foram: No Logo de Naomi Klein, a obra de Ferdinand Hodler, Invocação ao Meu Corpo de Vergílio Ferreira e Haneen de Raja Banout.

Mira la informació del projecte complert a:

https://gritoimagens.com/erm/